Acupuntura e equilíbrio emocional, entenda porque o fígado é o culpado

Acupuntura e o Equilíbrio das emoções

Todos sabemos que emoções são difíceis de se controlar. Em pessoas muito explosivas, agressivas, com muita instabilidade emocional, para a acupuntura, o fígado não consegue estabilizar as emoções.

Nossos órgãos têm funções yin e yang

Segundo a MTC (Medicina Tradicional Chinesa), o fígado, assim como todos os outros órgãos, tem uma função yin e outra yang. As funções yin estão ligadas aos processos bioquímicos e metabólicos como a metabolização e excreção de toxinas pelo nosso corpo.

O conceito de órgão na Medicina Tradicional Chinesa (MTC) é bem mais abrangente do que o usamos aqui no ocidente, vou exemplificar para ficar bem claro este conceito.

Estruturas associadas ao fígado

Quando falamos do fígado, do ponto de vista energético estamos falando do fígado propriamente, da vesícula biliar, dos olhos, dos ombros, dos joelhos, dos tendões, das unhas, dos seios e todo o aparelho reprodutor feminino (ovários, trompas, útero e vagina). Por esse motivo, na MTC se diz que o fígado é o órgão mais importante para a mulher, assim como o rim o é para o homem.

acupuntura equilíbrio
acupuntura equilíbrio emocional

O fígado e as mulheres

A energia do fígado é responsável por manter o livre fluxo da energia total do corpo e também por limpar no sangue de todas as toxinas externas e as geradas por nosso próprio metabolismo. Mas a ação mais importante do fígado na Acupuntura, é sem dúvida sobre o equilíbrio emocional, principalmente nas mulheres, pois o fígado é um órgão chave para as mulheres, assim como o rim o é para os homens.

Fígado, o estabilizador de emoções

O fígado na MTC é chamado de “o aplainador das emoções”, pois quando em equilíbrio, durante as 24 horas do dia ele age modulando nossas emoções, para que não soframos com grandes oscilações emocionais.

Todas as emoções boas ou não, passam pelo fígado, que funciona como um anteparo, que modula e deixa fluir todas as emoções que nos afetam durante o nosso dia.

A repressão das emoções provoca um bloqueio da nossa energia.

Este bloqueio da nossa energia vital pode se manifestar de várias formas, dependendo da sua localização.

Sintomas de bloqueio da energia do fígado

Podemos ter insônia, enxaqueca, aperto no peito, hipertensão, gastrite, cálculos biliares, esteatose hepática, hepatites, TPM, miomas, cistos de ovário, endometriose, cistite, dor nos joelhos e/ou ombros, olhos secos, conjuntivite, desmaios, convulsões, tonturas, labirintite, zumbido no ouvido, hipertensão arterial, esta lista de sintomas é muito maior.

3 tipos de desequilíbrios da energia

Para a Acupuntura, os adoecimentos de forma geral podem ser de 3 tipos: por falta, por excesso ou por bloqueio da energia.

As emoções que lesam mais especificamente o fígado, por exemplo, podem em um quadro de excesso de energia causar irritação constante e raiva (episódios de perda de controle e explosões de raiva).

Já uma situação de falta de energia pode gerar frustração e depressão por exemplo.

Sentimentos são diferentes das emoções

É importante entendermos que todos os sentimentos e emoções são benéficos para nós, mas todos dependem da intensidade e duração. Da mesma forma que o sal, o orégano e a pimenta são temperos usados na alimentação, os sentimentos e emoções são os temperos da nossa vida. A qualidade de nossa vida dependerá da quantidade e da forma com que serão usados.

As lágrimas com sabemos, não são produzidas pelo fígado, mas segundo a Acupuntura, elas ajudam a equilibrar o fígado energeticamente. Por isso é importante não reprimir o choro, embora nem sempre seja conveniente socialmente. Mas, pode acreditar, conter o choro constantemente faz mal à sua saúde.

Sistema reprodutor feminino

Como já foi dito, o fígado rege todo o sistema reprodutor feminino, e é responsável por alterações no seu funcionamento que vão desde alterações no ciclo menstrual, os cistos de ovário, miomas uterinos, corrimentos vaginais, prurido vaginal, diminuição da libido, frigidez e falta de orgasmo.

Articulações e tendões

O fígado rege as articulações do ombro e joelhos e também os tendões de modo geral. Assim sendo, as bursites e as dores nos joelhos sem causa aparente, são sinais de comprometimento da energia do fígado. As tendinites e os estiramentos musculares frequentes também estão neste grupo.

O fígado se “abre” nos olhos

Os olhos são a manifestação externa do fígado, e suas patologias também vão nos indicar algumas alterações no fígado, as mais comuns são as conjuntivites, olhos secos, olhos vermelhos, porém sem inflamação ou infecção, terçóis, pontos brilhantes que aparecem no campo visual entre outros.

Unhas frascas e micoses indicam problemas no fígado

As unhas são outra manifestação externa das condições do fígado. Unhas fracas ou que descamam ou a presença de micose nas unhas vão nos sugerir algum comprometimento na estrutura yin do fígado, ou um desequilíbrio prolongado da energia do fígado.

Doenças do sistema nervoso

Para concluir, o fígado rege o funcionamento do sistema nervoso central. Alterações como, enxaqueca, cefaleias, convulsões, epilepsia, desmaios, doenças neurodegenerativas como o Parkinson, Alzheimer, Esclerose Múltipla, entre outras.

A vesícula biliar

Na MTC, todo órgão está acoplado a uma víscera que, no caso do fígado, é a vesícula biliar.

mudança-de-habito-alimentar

Resumidamente, a vesícula atua mantendo o nosso equilíbrio postural. Todos os quadros de tonturas, vertigens, labirintites estão ligados a ela.

ATM

A vesícula biliar rege a articulação têmporo-mandibular (ATM). Todas as tensões que ficaram retidas no fígado podem descarregar nesta região e produzir um quadro de ranger os dentes (bruxismo), que se manifesta mais frequentemente durante o sono.

A indecisão tem a ver com a vesícula biliar

Ao nível emocional a vesícula biliar comanda o nosso processo de decisão. Seus desequilíbrios vão se apresentar na forma de indecisões ou mesmo desorientações, perda de rumo.

A medicina ocidental olha para o fígado apenas quando ele apresenta alguma doença como hepatite, esteatose ou algum nódulo. Mas podemos fazer muita coisa para equilibrar no fígado, e assim curarmos ou evitarmos um grande número de desequilíbrios.

Dentro da MTC temos a Acupuntura e a Fitoterapia Chinesa, que se complementam. Enquanto os fitoterápicos tratam o órgão fígado, a Acupuntura cuida dos meridianos do fígado. Cuidar bem do fígado significa manter nosso maior filtro sempre limpo, e com isso evitando muitas doenças.

Texto extraído do livro “Mudança de Hábito Alimentar”.

acupuntura equilíbrio
acupuntura equilíbrio

 

Dr. Fabio Pisani

 

** Consultas nas áreas de Ortomolecular e Acupuntura são apenas particulares**

 

Site: www.fabiopisani.med.br

 

Medicina Ortomolecular I Acupuntura Médica I Fitoterapia Chinesa

Título pela AMHB de especialização em Homeopatia em 1990

Título pelo CBA de especialização em Acupuntura em 1993 

CRM 43711

R Dr. Vieira Bueno, 142, Cambuí

Campinas, SP, CEP 13024-040

Fones: (19) 3254-4012 e 3254-0747

E-mail: drfabiopisani@gmail.com

 

 

Medicina Ortomolecular I Acupuntura Médica I Fitoterapia Chinesa Título pela AMHB de especialização em Homeopatia em 1990 Título pelo CBA de especialização em Acupuntura em 1993 CRM 43711

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe uma resposta

wpDiscuz