Antienvelhecimento, o segredo é cuidar dos telômeros e das mitocôndrias

Em nossas células temos 2 estruturas, que quando bem cuidadas podem retardar o nosso envelhecimento, os telômeros e as mitocôndrias.

antienvelhecimento telômeros mitocôndrias
antienvelhecimento telômeros mitocôndrias
  1. Telômeros: são estruturas que ficam nas extremidades do DNA como um tipo de “tampa”. A cada divisão celular, os telômeros encurtam um pouquinho, até a célula para de se dividir e entra em apoptose (morre).Quanto mais curtos ficarem, mais rapidamente você desenvolve os sinais do envelhecimento. Então, ao proteger e nutri-los, você pode voltar anos atrás.Quanto mais preservados estiverem nossos telômeros, mais chances teremos de retardar nosso envelhecimento e quem sabe, até reverte-lo em algum grau.

 

  1. Mitocôndrias: as nossas células também contêm minúsculas organelas chamadas mitocôndrias, que são as usinas que transformam glicose e gorduras em energia. A mitocôndria inicialmente não pertencia ao nosso corpo, durante a nossa evolução ela foi literalmente incorporada, e por isso, pasmem, ela tem seu próprio DNA! E por isso também, elas têm tanta importância sobre o nosso processo de envelhecimento.

Importância das mitocôndrias

Cada uma das nossas células tem em média 200 mitocôndrias, e células de órgãos metabolicamente mais ativos, como o coração e o cérebro, podem ter mais de 10.000.

À medida que envelhecemos, essas estruturas tornam-se danificadas e começam a morrer, causando perda da capacidade para fabricar energia, esse processo recebe um nome genérico de mitocondriopatia.
a sensação de cansaço e fadiga que vem com o envelhecimento, se devem a essa

antienvelhecimento telômeros mitocôndrias
antienvelhecimento telômeros mitocôndrias

Esse mal funcionamento mitocondrial esta raiz de muitas doenças crônico-degenerativas como:

  1. Diabetes
  2. Fibromialgia
  3. Fadiga crônica
  4. Cirrose
  5. Doença de Alzheimer
  6. Parkinson
  7. Doenças cardiovasculares

Atualmente a perda da função mitocondrial acontece mais precocemente do que há 50 anos atrás, pois hoje nossa alimentação está muito pior e estamos vivendo em um ambiente altamente tóxico. Campos eletromagnéticos, poluição de diversos tipos, excesso de medicação, produtos químicos e pesticidas são fatores que fazem o nosso corpo envelhecer muito mais rapidamente.

Estratégia antienvelhecimento, para os Telômeros

Para manter o comprimento dos seus telômeros devemos:

  1. Reduzir a Homocisteína: esse aminoácido, além de aumentar risco cardiovascular e Doença de Alzheimer, triplica a velocidade de encurtamento dos seus telômeros. Os valores ideais são em torno de 7; sendo que além de 10 já é preocupante. Suplementação de vitamina B12, ácido fólico e vitamina B6 ajudam a reduzir a Homocisteína.
  2. Vitamina C: as pesquisas mostram que esse antioxidante pode reduzir o encurtamento dos telômeros em mais de 50%. O ideal é usar vitamina C em baixas doses, várias vezes ao dia, pois sua eliminação pelo corpo é muito rápida.
  3. Consumir legumes e vegetais coloridos, produz aumento significativo dos telômeros. Os vegetais com betacaroteno provocam os maiores aumentos do comprimento dos telômeros
  1. Resveratrol: promove aumento de produção de telomerase, enzima que recupera os telômeros. Essa substância está presente no vinho tinto, em especial das uvas Pinot Noir Merlot e Shiraz.

Estratégia antienvelhecimento para as Mitocôndrias

Para suporte mitocondrial podemos utilizar:

  1. CoQ10: A coenzima Q10 estimula a produção de energia. É um antioxidante que age neutralizando de radicais livres antes que causem danos.
    É aconselhável utilizar a forma sublingual, pois a biodisponibilidade é muito maior do que pela via oral.

 

  1. L-Carnitina: Esse aminoácido tem papel crucial na geração de energia pelas células, transportando ácidos graxos para dentro da mitocôndria, utilizando assim a gordura como substrato e ajudando no emagrecimento. A L-Carnitina auxilia na eliminação de detritos tóxicos para fora da célula antes eles possam causar danos. A melhor fonte de L-Carnitina é a carne vermelha. Pode ser suplementada via oral, sempre com o estômago vazio. Para geração de energia no cérebro, a Acetil L Carnitina é mais adequada, por sua maior facilidade de passar pela barreira hematoencefálica.

 

  1. L-Cisteína: Este aminoácido é também um poderoso antioxidante. Na forma de N-acetil L-Cisteína (NAC) auxilia na fabricação de Glutationa. Esse é o antioxidante mais poderoso do corpo, consistindo na primeira linha de defesa da mitocôndria, ajudando a neutralizar os radicais livres.

 

  1. Rhodiola rósea: Este fitoterápico promove aumento da síntese de energia na mitocôndria.

 

Dr. Fabio Pisani

 

** Consultas nas áreas de Ortomolecular e Acupuntura são apenas particulares**

 

Site: www.fabiopisani.med.br

 

Medicina Ortomolecular I Acupuntura Médica I Fitoterapia Chinesa

Título pela AMHB de especialização em Homeopatia em 1990

Título pelo CBA de especialização em Acupuntura em 1993 

CRM 43711

R Dr. Vieira Bueno, 142, Cambuí

Campinas, SP, CEP 13024-040

Fones: (19) 3254-4012 e 3254-0747

E-mail: drfabiopisani@gmail.com

 

 

Para seguir e curtir, clique abaixo

Medicina Ortomolecular I Acupuntura Médica I Fitoterapia Chinesa
Título pela AMHB de especialização em Homeopatia em 1990
Título pelo CBA de especialização em Acupuntura em 1993
CRM 43711

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe uma resposta

wpDiscuz