Aspirina mata 20.000 americanos por ano

aspirina
aspirina

Os analgésicos comuns como a aspirina matam cerca de 20.000 americanos anualmente, e outros 100.000 acabam por baixarem hospitais devido a esses tipos de medicamentos, conforme resultado de recente pesquisa realizada.

Analgésicos do tipo dos anti-inflamatórios usuais são bem mais perigosos do que as pessoas pensam e podem causar sangramentos crônicos gastro-intestinais e perfurações do estomago.

Mais de 14 milhões de americanos tomam anti-inflamatórios regularmente para alivio de dores de varias naturezas e em torno de 60% deles existem relatos de queixas digestivas, muitas vezes não relacionadas a seu uso, conforme estimam pesquisadores da Eastern Virginia Medical School.

Cientistas acreditam que cerca de 20% dos pacientes portadores de problemas digestivos não relatam aos médicos que fazem uso desses medicamentos pois não consideram a informação relevante.

Isso faz com que as pessoas creiam que esse tipo de medicação é muito “inocente” e não provoca efeitos colaterais quando, na verdade, seu uso crônico, particularmente entre os idosos, relaciona-se a importantes efeitos colaterais do tubo digestivo.
(fonte: Proceedings of the Annual Scientific Meeting of the American College of Gastroenterology, outubro de 2007).

Para seguir e curtir, clique abaixo

Medicina Ortomolecular I Acupuntura Médica I Fitoterapia Chinesa
Título pela AMHB de especialização em Homeopatia em 1990
Título pelo CBA de especialização em Acupuntura em 1993
CRM 43711

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe uma resposta

wpDiscuz