Colesterol bom e Colesterol ruim, será que ele é mesmo um vilão?

colesterol bom colesterol ruim
colesterol bom colesterol ruim

Mais um excelente artigo sobre colesterol, agora escrito por um médico com 60 anos de experiência!!! Para ampliar acrescentaria que para que o LDL oxidado para penetrar na parede dos vasos precisa que exista uma lesão nesta parede. Estas lesões surgem principalmente por um processo inflamatório crônico assintomático produzido por radicais livres, dietas desbalanceadas, excesso de açúcar, entre outros fatores. Isso posto fica mais fácil entender porque o colesterol não é o vilão.

Baixo nível de gordura é um mito

Segundo alguns especialistas mundiais, a dieta com baixo nível de gordura é um mito no que diz respeito à proteção para o coração. De fato, colesterol é uma substancia fundamental para a manutenção da vida e todas as estruturas celulares do corpo necessitam imensamente dele.

Colesterol é benéfico para todos

Após estudar por mais de 60 anos problemas de saúde que afetam o coração, o professor Fred Kummerow da Universidade de Illinois, com 98 anos de idade, afirma que o colesterol é benéfico para todos nos e não causa doenças cardíacas, conforme muitos defendem. O que prejudica é apenas o colesterol oxidado através de frituras e alimentos processados, tipicamente encontrados nas “fast foods”. Este tipo deve ser fortemente evitado, pois contem altas concentrações de colesterol oxidado chamados de oxisterois.

Oxidação do Colesterol

Uma forma de detectar se o colesterol medido no sangue possui alta quantidade de oxidação e, por isto nocivo, é a dosagem da Apo Lipoproteína B que mede a fração oxidada da fração LDL. Podemos ver que a pesquisa é mais minuciosa do que, simplesmente, se receitar remédios para colesterol acima dos valores de referencia e, consequentemente, amedrontando os pacientes quanto a este problema. Caso a Apo Lipoproteína B esteja dentro dos limites normais, a necessidade de se tomar medicamentos para baixar o colesterol passa a ser desnecessária principalmente se a fração HDL (chamada de “bom” colesterol) estiver elevada.

Além da dosagem do Colesterol

Os médicos deveriam se acostumar a solicitar a dosagem da Apo Lipoproteína B, Homocisteína, Proteína C Reativa, Fibrinogênio de forma rotineira, da mesma forma que passaram a se preocupar com as frações HDL e LDL nos anos 60 quando apenas o colesterol total era avaliado.

A maneira mais eficiente de cuidar dos excessos de colesterol no sangue e, principalmente da fração oxidada, é o que diz respeito às mudanças no estilo de vida. Além de se preocupar com a alimentação, atividade física regular e manutenção do peso corporal são também medidas importantes para a manutenção da SAÚDE.

Fonte: Dr Fred Kummerow

Para seguir e curtir, clique abaixo

Medicina Ortomolecular I Acupuntura Médica I Fitoterapia Chinesa
Título pela AMHB de especialização em Homeopatia em 1990
Título pelo CBA de especialização em Acupuntura em 1993
CRM 43711

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe uma resposta

wpDiscuz