Hormônios Bioidênticos na menopausa, vale a pena usar?

hormônios bioidênticos menopausa
hormônios bioidênticos menopausa

A Terapia de Reposição Hormonal Bioidêntica (TRHB) tem sido cada vez mais utilizada por médicos e pacientes no lugar da Terapia de Reposição Hormonal Convencional (TRH).

Embora recente no Brasil, a TRHB já é utilizada a décadas na Europa e USA.

A TRHB, diferentemente da TRH, utiliza hormônios idênticos aos que o nosso corpo produz, logo, nosso corpo os reconhece e os utiliza praticamente sem efeitos colaterais, desde que utilizados em doses adequadas.

O que são Hormônios Bioidênticos

Os hormônios não bioidênticos, são moléculas estranhas ao nosso organismo, e mesmo quando prescritos de forma adequada pelos médicos, ainda assim costumam apresentar muitos efeitos indesejáveis, e em alguns casos, graves.

Quando falamos em reposição hormonal, logo o que vem à mente, são as mulheres no período do climatério e pós menopausa. Porém todas as glândulas do nosso corpo, depois de cera idade começam a funcionar de forma mais lenta, temos então a menopausa (ovários), andropausa (testículos), adrenopausa (adrenais), tireopausa (tireoide). Embora nem todas essas pausas sejam bem estudadas, todas elas ocorrem.

Quando devemos usar os Hormônios Bioidênticos?

A TRHB também pode ser muito útil na fase da vida onde as pessoas relatam que estão perdendo a juventude, o entusiasmo pela vida e a libido vai embora. Muitas destas pessoas serão tratadas com antidepressivos, quando o melhor tratamento seria a TRHB.

O objetivo da TRHB é restituir os níveis hormonais ótimos para cada pessoa. Quando isso acontece, nos sentimos mais dispostos, com mais energia e entusiasmo pela vida.

A TRHB não é adequada para ser usada com fins anabolizantes, por isso implicaria em uso de doses supra fisiológicas.

Reposição Hormonal Convencional

Grande parte das mulheres que estão fazendo TRH apresentam sintomas e sofrendo com os efeitos colaterais, ou parar de usar e experimentar desagradáveis sintomas como ondas de calor, secura vaginal, inchaço, calores, alteração de humor, suores noturnos, irritabilidade, seios doloridos, ganho de peso, entre outros. A TRHB, costuma ser muito útil nestes casos, pois seus riscos e efeitos indesejáveis são muito baixos quando comparados com a TRH. Infelizmente a imensa maioria das pessoas sequer ouviu falar da TRHB.

Vantagens dos TRHB

Outro grande diferencial da TRHB, além das moléculas serem 100% idênticas às que o nosso corpo produz, é que por serem manipuladas, as doses podem e devem ser personalizadas para cada pessoa.

Também podem ser prescritas em diversas formas, tais como: cápsulas orais, tabletes sublinguais, cremes tópicos e gel, cremes vaginais, supositórios. As diferentes vias de administração possibilitam melhor absorção e uso de doses menores, reduzindo os riscos de superdosagem.

Além dos hormônios bioidênticos podem ser sexuais, estradiol, estriol, progesterona, testosterona, que são os mais conhecidos e utilizados, mas existem vários outros. Cortisol, melatonina, DHEA, T4, T3 e vários outros.

Como o foco principal da TRHB ainda são os hormônios sexuais, abaixo apresento algumas funções deles.

hormônios bioidênticos menopausa
hormônios bioidênticos menopausa

Conheça alguns Hormônios Bioidênticos e suas ações

Progesterona

A Progesterona, também conhecida como P4, pode ser suplementada mesmo antes do período de climatério-menopausa. Em mulheres que apresentam dor nos seios, insônia, variações emocionais e depressão no período menstrual. Estes sintomas podem ocorrer por uma certa insuficiência na produção de progesterona, que ocorre em mulheres que utilizam anticoncepcionais por longos períodos.

Outros efeitos da progesterona são:

  1. Ajuda a manter o desejo sexual
  2. Colabora na função dos hormônios tireoidianos
  3. Melhora o humor
  4. Pode aliviar ondas de calores
  5. Protege contra câncer de mama e câncer do endométrio
  6. Protege contra a osteoporose

Testosterona    

É importante frisar que apesar da testosterona ser um hormônio predominantemente masculino, homens e mulheres apresentam exatamente os mesmos hormônios, o que varia é apenas a proporção deles em cada sexo.

A testosterona, um hormônio andrógeno, é importante tanto para o homem como para a mulher. Ela é fundamental para a integridade da pele, músculo e ossos, protegendo o organismo contra osteoporose, obesidade e diabetes, assim como age contra a perda de função imunológica.

Os efeitos da testosterona são:

  1. Contribuição para o nível de energia, senso geral de bem-estar e, acima de tudo libido
  2. Melhora a reparação (reconstrução) óssea, através do aumento da retenção de cálcio
  3. Fornece proteção cardiovascular (normalizando o colesterol)
  4. Aumenta a massa muscular magra e perda de excesso de gordura.

Estrógenos

Existem 3 tipos de estrógenos produzidos no corpo humano: estrona, estradiol e estriol, também conhecidos com E1, E2 e E3 respectivamente. O corpo feminino tem aproximadamente 3% de estrona, 7% de estradiol e 90% de estriol, durante o período reprodutivo, no climatério-menopausa, estas proporções vão se alterando e daí surgem os sintomas tão conhecidos pelas mulheres.

Os estrógenos são responsáveis por aliviarem os sintomas da menopausa, diminuindo o risco de câncer de colo retal e aumentando a densidade óssea propiciando menos fraturas por osteoporose.

Quando se pensa em TRHB de estrógenos, estamos falando apenas do estradiol e do estriol, pois a estrona é um hormônio que costuma aumentar com o envelhecimento e tem propriedades cancerígenas, portanto não deve ser suplementado.

Os efeitos do estradiol e estriol incluem:

  1. Prevenção contra a aterosclerose ou endurecimento das artérias
  2. Alívio nas as ondas de calor, depressão e atrofia vaginal
  3. Redução na incidência de fraturas ósseas em aproximadamente 50%
  4. Aumento nos níveis de HDL (bom colesterol, o que sabidamente protege contra doença cardiovascular.

 

O problema pode não estar com você, e sim com terapia de reposição convencional

Alguns dados dão conta de que a reposição hormonal convencional pode, na verdade, desenvolver, doenças mais sérias. E essa informação tem deixado mulheres e médicos em estado de atenção.

Um estudo realizado pela Women’s Health Iniciative, foi abruptamente interrompido em julho de 2002 porque demonstrou que a terapia de reposição hormonal convencional aumentava a chance de algumas doenças mais sérias como:

  1. 41% no aumento de derrames
  2. 29% no aumento de ataques cardíacos
  3. 26% no aumento de câncer de seio
  4. 22% no aumento de na totalidade de doença cardiovascular
  5. Dobrava a taxa de coágulos sanguíneos (trombos)
  6. Poderia contribuir para Doença de Alzheimer

 

Dr. Fabio Pisani

 

** Consultas nas áreas de Ortomolecular e Acupuntura são apenas particulares**

 

Site: www.fabiopisani.med.br

 

Medicina Ortomolecular I Acupuntura Médica I Fitoterapia Chinesa

Título pela AMHB de especialização em Homeopatia em 1990

Título pelo CBA de especialização em Acupuntura em 1993 

CRM 43711

R Dr. Vieira Bueno, 142, Cambuí

Campinas, SP, CEP 13024-040

Fones: (19) 3254-4012 e 3254-0747

Para seguir e curtir, clique abaixo

Medicina Ortomolecular I Acupuntura Médica I Fitoterapia Chinesa
Título pela AMHB de especialização em Homeopatia em 1990
Título pelo CBA de especialização em Acupuntura em 1993
CRM 43711

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe uma resposta

wpDiscuz