Vitamina D, saiba porque ela é considerada um hormônio

vitamina D
vitamina D

Nos últimos 5 anos a vitamina D ficou “famosa” e tem sido objeto de vários estudos que justificam esta fama repentina.

Conheça as 2 formas de vitamina D

A vitamina D existe em 2 formas principais: o colecalciferol e o calcitriol. Na verdade um fato que poucos conhecem é que o colecalciferol é a vitamina D propriamente dita, mas o calcitriol comporta-se como um hormônio. Alguns pesquisadores para descrever melhor a vitamina D, já falam de um complexo D a exemplo do complexo B.

Os estudos mostram que para a nossa saúde o calcitriol é mais importante para que o colecalciferol, pois ele faz funcionar 10% de todos os genes que possuímos, ao passo que o colecalciferol inibe estes mesmos genes. Resumindo o calcitriol é um imunomodulador e o colecalciferol é imunossupressor.

Vitamina D e a imunidade

Valores baixos de colecalciferol pode não ser sinal de carência de vitamina D, mas podem indicar uma doença autoimune em evolução e ou uma infecção crônica (subclínica) que podem estar desregulando o metabolismo intracelular da vitamina D levando a uma diminuição da imunidade por alterações dos macrófagos e linfócitos (células de defesa).

Doenças autoimunes e deficiência de vitamina D 

Se tivermos níveis muito baixos de colecalciferol e altos níveis de calcitriol podemos estar diante de um doença autoimune, reumatismo ou esclerose múltipla por exemplo. Se apenas suplementarmos com colecalciferol, podemos estar apenas tratando os sintomas e deixando a doença de base evoluir. Mais um motivo para não usar vitaminas sem orientação profissional adequada. É importante entender aqui que baixos níveis de vitamina D pode não ser carência dela, mas pode estar indicando que uma patologia mais grave esteja consumindo quantidades maiores de vitamina.

Para nós médicos fica a lição de que devemos pedir a dosagem de calcitriol e não apenas do colecalciferol.

Vitamina D e osteoporose

Outro uso importante da vitamina D é para o tratamento e prevenção da osteoporose. Normalmente usávamos o colecalciferol, que agora sabemos, pode até piorar a osteoporose pois estimula a ação dos osteoclastos. Osteoporose pode ser melhor tratada usando-se cálcio, magnésio, boro, vitamina K entre outros nutrientes.

Com níveis muito baixos de vitamina D por longos períodos teremos aumento do risco de câncer, doenças cardiovasculares, doenças reumáticas, diabetes tipo 2, AVC, Alzheimer e inúmeras outras patologias.

 

Dr. Fabio Pisani

 

** Consultas nas áreas de Ortomolecular e Acupuntura são apenas particulares**

 

Site: www.fabiopisani.med.br

 

Medicina Ortomolecular I Acupuntura Médica I Fitoterapia Chinesa

Título pela AMHB de especialização em Homeopatia em 1990

Título pelo CBA de especialização em Acupuntura em 1993 

CRM 43711

R Dr. Vieira Bueno, 142, Cambuí

Campinas, SP, CEP 13024-040

Fones: (19) 3254-4012 e 3254-0747

E-mail: drfabiopisani@gmail.com

 

 

Medicina Ortomolecular I Acupuntura Médica I Fitoterapia Chinesa Título pela AMHB de especialização em Homeopatia em 1990 Título pelo CBA de especialização em Acupuntura em 1993 CRM 43711

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe uma resposta

wpDiscuz