Demência Senil e Estatinas, Conheça Melhor Esta Conexão

estatinas e demência senil

Com o aumento do tempo médio de vida, cada vez é mais frequente em idosos apresentarem quadros de demência senil, pode variar de intensidade, de leves, até quadros mais graves como o Alzheimer.

É muito frequente o uso de estatinas para controle do excesso de colesterol no sangue.

À medida que os pacientes tomam esses remédios, nota-se que o estado mental da maioria deles apresenta gradualmente um quadro de demência senil (situação bem comprovada na prática clínica diária).

Esse dado foi confirmado por uma publicação feita na revista American Journal of Geriatric Pharmacology, no dia 4 de agosto de 2012. Foram relatadas pesquisas em pacientes usuários de estatinas que, quando deixaram de fazer uso, melhoraram seus estados mentais.

O retorno ao uso dos medicamentos voltou a mostrar deficiências de memória e concentração analisados por testes específicos chamados Mini Mental Status Examination.

A conclusão da pesquisa foi a de que estatinas podem afetar de forma negativa a cognição de pacientes propensos à demência.

**Apenas a especialidade de Homeopatia é atendida através da Unimed, nas demais áreas, os atendimentos são apenas particulares.

Formação e Pós-Graduação Médico formado pela Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp em 1981 Pós-Graduação em Homeopatia, pela Associação Médica Homeopática do Paraná Título de especialização em Homeopatia pela Associação Médica Brasileira de Homeopatia (AMHB) em 1990. RQE: 69860 Pós-Graduação em Acupuntura pela Escola Paulista de Medicina (Unifesp) Título de especialização em Acupuntura pelo Colégio Brasileiro de Acupuntura (CBA) em 1993. RQE: 69859 Livros Publicados “Mudança de Hábito Alimentar”, publicado em 1995, atualmente na 4ª edição “Emagrecer, porque só fechar a boca não resolve”, primeira edição em 2014. Áreas de Atuação A nossa atuação se dá nas áreas de Homeopatia e Acupuntura. A proposta do meu trabalho, é através de um tratamento personalizado, considerando a individualidade bioquímica, mental e emocional de cada pessoa, não apenas tratar doenças, principalmente preveni-las. A busca pelo equilíbrio bioquímico e energético, é o melhor caminho para atingirmos um nível ótimo de saúde, e com isso ampliarmos ao máximo nosso período de vida saudável, e encurtarmos o nosso período de doença. Este objetivo pode ser atingido através de várias estratégias, que vão da mudança de estilo de vida, de hábitos alimentares, eliminação de toxinas que nos fazem adoecer, e pela suplementação de vitaminas, minerais, nutracêuticos e fitonutrientes. Terapias como Homeopatia, Acupuntura e Ortomolecular são ótimas ferramentas para tratarmos desequilíbrios de ordem física, mental e emocional, e podem ser utilizadas quando necessárias. Mudanças no estilo de vida, como atividade física regular e adequada, redução do stress e sono reparador são essenciais para atingirmos esses objetivos. Em suma, o nosso objetivo, é tratar o paciente de uma forma personalizada e mais completa possível.

Deixe uma resposta