Selênio, Saiba Como Ele Pode Ser Reposto Pela Castanha-do-Pará

selênio, castanha-do-paráCastanha-do-pará é rica em selênio, segundo o “Manual de Nutrientes – Prevenção das Doenças através dos Alimentos” (ed. Vozes), da nutricionista Eronita de Aquino Costa.

Os ácidos graxos encontrados na castanha corrigem males da pele e do cabelo e auxiliam no metabolismo lipídico, enquanto a vitamina E e o magnésio ajudam a elevar a taxa do colesterol HDL, protegendo as artérias e a circulação sanguínea.

Nakasato explica, porém, que o ideal é usar a gordura benéfica das sementes oleaginosas em substituição a outras gorduras. “As pessoas tendem a supor que o alimento é milagroso e o acrescentam à dieta, contribuindo para a obesidade“, diz.

Em seu doutorado na USP, a nutricionista Vanessa Coutinho acompanhou esportistas que consumiram uma unidade diária de castanha-do-pará durante três meses e comprovou que a quantidade é suficiente para elevar as taxas de selênio a patamares adequados.

“Ele é um antioxidante muito importante, pois, com a vitamina E, protege as células dos danos provocados pelos radicais livres”, afirma Silvia Cozzolino, professora da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP.

Vale lembrar que o selênio, quando ingerido regularmente em grande quantidade, pode ser tóxico. Uma castanha possui 150 mcg do mineral, e a quantidade máxima recomendada é 400 mcg ao dia.

A castanha-do-pará é a semente do ouriço, fruto da enorme Bertholettia excelsa, árvore originária do norte do Brasil e presente em toda a Amazônia.

As castanhas são colhidas quando o ouriço, semelhante a um coco  cai. Dentro dele, 12 ou 24 castanhas ficam dispostas como gomos de mexerica, cobertas individualmente por uma casca resistente.

Segundo o “Pequeno Dicionário da Gula“, de Márcia Algranti, a semente -conhecida por “Brazil nuts” no exterior- recebe outros nomes em sua região de origem: tocari, juviá e tururi.

Ainda de acordo com a pesquisadora, da castanha ralada e misturada com água se obtém o “leite de castanha”, ingrediente com o qual são preparadas diversas receitas típicas da região Norte do Brasil.

**Apenas a especialidade de Homeopatia é atendida através da Unimed, nas demais áreas, os atendimentos são apenas particulares.

Formação e Pós-Graduação Médico formado pela Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp em 1981 Pós-Graduação em Homeopatia, pela Associação Médica Homeopática do Paraná Título de especialização em Homeopatia pela Associação Médica Brasileira de Homeopatia (AMHB) em 1990. RQE: 69860 Pós-Graduação em Acupuntura pela Escola Paulista de Medicina (Unifesp) Título de especialização em Acupuntura pelo Colégio Brasileiro de Acupuntura (CBA) em 1993. RQE: 69859 Livros Publicados “Mudança de Hábito Alimentar”, publicado em 1995, atualmente na 4ª edição “Emagrecer, porque só fechar a boca não resolve”, primeira edição em 2014. Áreas de Atuação A nossa atuação se dá nas áreas de Homeopatia e Acupuntura. A proposta do meu trabalho, é através de um tratamento personalizado, considerando a individualidade bioquímica, mental e emocional de cada pessoa, não apenas tratar doenças, principalmente preveni-las. A busca pelo equilíbrio bioquímico e energético, é o melhor caminho para atingirmos um nível ótimo de saúde, e com isso ampliarmos ao máximo nosso período de vida saudável, e encurtarmos o nosso período de doença. Este objetivo pode ser atingido através de várias estratégias, que vão da mudança de estilo de vida, de hábitos alimentares, eliminação de toxinas que nos fazem adoecer, e pela suplementação de vitaminas, minerais, nutracêuticos e fitonutrientes. Terapias como Homeopatia, Acupuntura e Ortomolecular são ótimas ferramentas para tratarmos desequilíbrios de ordem física, mental e emocional, e podem ser utilizadas quando necessárias. Mudanças no estilo de vida, como atividade física regular e adequada, redução do stress e sono reparador são essenciais para atingirmos esses objetivos. Em suma, o nosso objetivo, é tratar o paciente de uma forma personalizada e mais completa possível.

Deixe uma resposta