Vitamina K2, Tudo que Você Precisa Saber Sobre Esta Vitamina

A vitamina K2 pertence ao grupo das vitaminas lipossolúveis, junto com as vitaminas A, D e E.

São conhecidas hoje 23 formas de vitamina K, mas as mais importantes são a K1 que desempenha papel na coagulação do sangue e a K2, que essencial para a saúde dos ossos, prevenção de doenças cardíacas e vital em uma série de processos corporais.

Estudos recentes sugerem que a vitamina K2 e a vitamina D3 dependem uma da outra para funcionares de forma correta.

Se houver deficiência de uma delas, nenhuma das duas irá funcionar de forma ideal.

Vitamina K2

Problemas Associados à Deficiência de Vitamina K2

Pesquisas mostram que existe uma carência da vitamina K, da mesma forma que da vitamina D, na população em geral.

A carência da vitamina K2 está associada a:

  • Alterações do funcionamento cerebral, como a demência senil
  • Calcificação arterial, doença cardiovascular e varizes
  • Câncer de: próstata, pulmão, fígado e leucemia
  • Cáries
  • Doenças infecciosas, por deficit imunológico
  • Osteoporose

Diferenças Entre a Vitamina K1 e K2

Os 2 tipos de vitamina K mais importantes são os seguintes:

  • A vitamina K1, ou Filoquinona, é encontrada naturalmente em plantas, especialmente vegetais verdes. A K1 atua no fígado, ajudando a manter a coagulação do sangue saudável
  • A vitamina K2, também chamada Menaquinona, é produzida pelas bactérias da microbiota intestinal. A K2 vai direto atua nas paredes dos vasos sanguíneos, ossos e nos órgãos

Em raras situações na prática clínica, a vitamina K1 precisa ser reposta.

Fontes Naturais de Vitamina K2

Quando falamos em reposição de vitamina K, estamos falando da vitamina K2. A Menaquinona é produzida pelo corpo e também por alimentos fermentados, como o Natto.

Aumentar o seu nível de Menaquinona ao consumir mais alimentos fermentados é a melhor maneira.

Porém o alimento mais rico em K2 natural é o Natto, que é uma forma de soja fermentada consumida na Ásia, mas seu paladar e odor dificulta muito sua utilização por não asiáticos, por isso recomendo a suplementação via cápsulas.

A Vitamina K2 Protege o Coração

Os últimos estudos mostram que é a Menaquinona, em conjunto com a vitamina D3, que previne a calcificação nas artérias coronárias, prevenindo doenças cardiovasculares.

Na verdade estudos mostram, que vitamina K2 remove os depósitos anormais de cálcio, não só na parede dos vasos, mas também de todos os tecidos moles, evitando assim as calcificações patológicas.

A Vitamina K2 Previne a Osteoporose

A Menaquinona é um dos principais nutrientes para melhorar densidade óssea, juntamente com o cálcio, magnésio, vitamina D3 e o colágeno.

Ela atua como uma “cola” biológica que ajuda a integrar o cálcio e outros minerais à matriz óssea, que é formada basicamente por um tipo de colágeno.

Abaixo estão alguns estudos sobre os efeitos da Menaquinona na osteoporose:

  • Pesquisas japonesas mostraram que a vitamina K2 reverte completamente a perda óssea e, em alguns casos, aumenta a massa óssea em pessoas com osteoporose.
  • A suplementação com Menaquinona pode reduzir em 60% as fraturas vertebrais e em 80% as fraturas de quadril e outras fraturas não vertebrais.
  • Menaquinona eleva a produção de osteocalcina, que controla a formação dos ossos.

É importante frisar, que a qualidade óssea depende não apenas do cálcio. Nossos ossos são compostos de mais de 10 minerais, entre eles magnésio e cálcio, e principalmente de colágeno.

A Vitamina K Atua na Prevenção de Câncer

Estudos têm demonstrado que as vitaminas K1 e K2, mas principalmente a K2 são eficazes contra o câncer.

A vitamina K1 apresentou melhorou ação em casos de câncer de fígado, ao passo que a Menaquinona se mostrou útil em casos de câncer de: pulmão, próstata, intestinos, estomago, boca, leucemia e linfoma não Hodgkin.

Outros Benefícios da Vitamina K 

Outros efeitos benéficos da vitamina K:

  • A deficiência de vitamina K2 pode ser um fator para a doença de Alzheimer, e a suplementação de Menaquinona pode ajudar na sua prevenção
  • A Menaquinona melhora a sensibilidade à insulina; e sua suplementação pode inibir o aparecimento do diabetes tipo 2
  • A vitamina K tópica ajuda a reduzir hematomas e rugas
  • A vitamina K tem propriedades antioxidantes

A vitamina K é Lipossolúvel

A Menaquinona pertence ao grupo das vitaminas lipossolúveis, é importante saber disso, pois a gordura presente na dieta é necessária para a absorção desta vitamina, e de todas as outras vitaminas lipossolúveis A, D e E.

Portanto, para que seu corpo absorva as vitaminas lipossolúveis adequadamente, precisamos ingeri-la em uma refeição que contenha algum tipo de gordura.

Fontes Alimentares da Vitamina K2

Como já mencionei, o Natto, um alimento fermentado, muito consumido no Japão, é a maior fonte natural de Menaquinona, por seu gosto e odor característicos, limitam seu uso praticamente aos orientais.

O nível de vitamina K2 presente no Natto, excede em muito a quantidade encontrada em vegetais verde-escuros.

Outros alimentos ricos em K2 incluem produtos lácteos, como queijos, manteiga, Kefir e chucrute.

Em situações devemos repor a Menaquinona

Algumas condições podem aumentar o risco de deficiência de vitamina K:

  • Ter uma dieta pobre ou restrita
  • Doença de Crohn, colite ulcerativa, doença celíaca e outras condições que interferem na absorção de nutrientes
  • Antibióticos de amplo espectro, remédios para colesterol e aspirina

Qual a Dose Diária de Vitamina K2

 Na prática Ortomolecular raramente usamos uma vitamina ou mineral de forma isolada, no caso da Menaquinona o ideal é usa-la em associação com a vitamina D3, com o cálcio e o magnésio, e as dosagens devem ser individualizadas caso a caso.

Mas as doses habituais da Menaquinona costumam ficar em torno de 80 a 120 mcg. Mas a minha recomendação é que se procure sempre um profissional da área de saúde para a sua prescrição.

**Apenas a especialidade de Homeopatia é atendida através da Unimed, nas demais áreas, os atendimentos são apenas particulares.

Formação e Pós-Graduação Médico formado pela Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp em 1981 Pós-Graduação em Homeopatia, pela Associação Médica Homeopática do Paraná Título de especialização em Homeopatia pela Associação Médica Brasileira de Homeopatia (AMHB) em 1990. RQE: 69860 Pós-Graduação em Acupuntura pela Escola Paulista de Medicina (Unifesp) Título de especialização em Acupuntura pelo Colégio Brasileiro de Acupuntura (CBA) em 1993. RQE: 69859 Livros Publicados “Mudança de Hábito Alimentar”, publicado em 1995, atualmente na 4ª edição “Emagrecer, porque só fechar a boca não resolve”, primeira edição em 2014. Áreas de Atuação A nossa atuação se dá nas áreas de Homeopatia e Acupuntura. A proposta do meu trabalho, é através de um tratamento personalizado, considerando a individualidade bioquímica, mental e emocional de cada pessoa, não apenas tratar doenças, principalmente preveni-las. A busca pelo equilíbrio bioquímico e energético, é o melhor caminho para atingirmos um nível ótimo de saúde, e com isso ampliarmos ao máximo nosso período de vida saudável, e encurtarmos o nosso período de doença. Este objetivo pode ser atingido através de várias estratégias, que vão da mudança de estilo de vida, de hábitos alimentares, eliminação de toxinas que nos fazem adoecer, e pela suplementação de vitaminas, minerais, nutracêuticos e fitonutrientes. Terapias como Homeopatia, Acupuntura e Ortomolecular são ótimas ferramentas para tratarmos desequilíbrios de ordem física, mental e emocional, e podem ser utilizadas quando necessárias. Mudanças no estilo de vida, como atividade física regular e adequada, redução do stress e sono reparador são essenciais para atingirmos esses objetivos. Em suma, o nosso objetivo, é tratar o paciente de uma forma personalizada e mais completa possível.

Deixe uma resposta