Fadiga Adrenal

A Fadiga Adrenal ocorre em pessoas que passam por longos períodos de stress muito intenso e constante.

Certamente, a Fadiga Adrenal ainda é um quadro pouco diagnosticado por nós médicos. Quando pensamos nas adrenais, o que nos vem à mente são patologias como Doença de Addison, ou a Síndrome de Cushing.

Nos tempos atuais, todos estamos o tempo todo submetidos a algum grau de stress, que pode ser leve e transitório, mas em muitos casos pode ser intenso e prolongado.

Sabemos que o stress em seus vários graus de intensidade, afeta a glândulas adrenais de várias formas.

Causas da Fadiga Adrenal

Durante os últimos anos a fadiga adrenal vem ocorrendo de forma quase que epidêmica, podemos dizer.

Vários fatores estão envolvidos na geração deste distúrbio, como por exemplo:  stress prolongado e/ou intenso, várias formas de medo, preocupações constantes, pressão no trabalho, em casa, na escola, crises financeiras, crises afetivas, doenças graves e/ou crônicas, perdas de entes queridos, violência urbana apenas citando alguns fatores.

Nas fases iniciais do stress as adrenais reage produzindo muito cortisol, e se este quadro se prolonga por muito tempo a glândula pode entrar em falência e deixar de produzir cortisol em níveis adequados, é o que chamamos de fadiga adrenal.

Por sua vez, casos mais severos de insuficiência adrenal podem evoluir para a chamada Fadiga Adrenal, que ocorre quando aparecem o colapso, a apatia e prostração intensas.

Muitas vezes, a Fadiga Adrenal é confundida com depressão ou hipotireoidismo, mas embora muitos sintomas possam ser comuns aos dois quadros, os tratamentos são muito diferentes.

Como o cortisol também modula o sistema imunológico, sua falta nos torna mais suscetíveis às inflamações, infecções, alergias, dermatites, dores musculares e articulares entre outros sinais e sintomas.

Tratamento da Fadiga Adrenal, médico ortomolecular campinas, clínica ortomolecular campinas, medicina ortomolecular campinas, medicina integrativa, ortomolecular, médico ortomolecular unimed, medicina ortomolecular unimed, homeopatia unimed, medicina integrativa, médico acupunturista campinas, acupuntura em campinas, acupunturista em campinas, acupuntura unimed campinas, fitoterapia chinesa, acupunturista unimed campinas, medicina chinesa em campinas

Os Sinais e Sintomas  da Fadiga Adrenal são:

Os sinais e sintomas mais importantes estão listados abaixo.

  • Cansaço constante ao longo do dia
  • Desejo aumentado de carboidratos de alto índice calórico para gerar energia
  • Dificuldade em se levantar todas as manhãs, mesmo tendo dormido o suficiente
  • Diminuição da imunidade
  • Diminuição da memória de curto prazo
  • Falta de concentração
  • Irritabilidade constante e crises de explosividade
  • Sente bem melhor após do fim da tarde para noite, mas volta a se sentir sem energia por volta das 21 ou 22 horas

Outras manifestações também podem ocorrer como: alergias, tonturas, desejo de café e outras bebidas estimulantes, desejo de alimentos salgados, dores articulares, cefaleias crônicas, lombalgia, queda da pressão arterial ao se levantar, oscilações na glicemia, redução da libido, compulsão alimentar e ganho de peso

Clinicamente estas pessoas apresentam apatia, cansaço e desanimo profundos que podem ser confundidos com uma depressão severa.

Mas o que ocorre de fato é uma forte queda na produção de Cortisol pelas glândulas Adrenais.

Casos assim, respondem muito bem à Medicina Ortomolecular, onde a reposição de nutrientes, como vitaminas, sais minerais e adaptógenos, que são substancias que equilibram as glândulas Adrenais.

Em casos de Fadiga Adrenal, apenas tirar férias e descansar, não irá resolver o quadro, além disso, se faz necessária uma reposição adequada de nutrientes para nutrir as glândulas adrenais.

Contato

Dr. Fabio Pisani


CRM: 43711
Acupuntura RQE: 69859
Homeopatia RQE: 69860

Redes Sociais

© 2023 Dr. Fabio Pisani | Campinas/SP
Todos os direitos reservados

You have been successfully Subscribed! Ops! Something went wrong, please try again.
Entre em contato conosco